Analisando as funções atribuídas ao vocábulo como

Home / Gramática / Sintaxe / Analisando as funções atribuídas ao vocábulo como

Curtidas 0

0

Compartilhe

O vocábulo em estudo, assim como o “se” e o “que”, também desempenha variadas funções, partindo do pressuposto de que cada contexto incide diretamente em tal aspecto. Ocorrência esta explicitamente demarcada por meio do sentido retratado por certo enunciado linguístico, como bem nos revela os seguintes exemplos ora descritos:

Quando analisados minuciosamente, notamos que cada caso expressa uma ideia divergente das demais. Em virtude de assim ser, tornar-nos-emos conhecedores das peculiaridades que norteiam este fato linguístico, com vistas a identificarmos as posições assumidas pelo termo em caso, vistos de modo particular:

Substantivo

Diante desta classificação, apresenta sempre acompanhado de um determinante ou especificando outro termo.

Ex: Este “como” deve ser analisado sob outra perspectiva.

Interjeição

Neste caso, expressa um sentimento caracterizado por espanto, sendo que na maioria das vezes também é acompanhado por uma forte pausa.

Ex: Nossa! Como sua atitude foi encantadora! Estamos surpreendidos.

Preposição

A ocorrência pode ser detectada quando houver a possibilidade de o gerúndio (sendo) estar subentendido depois dela ou puder ser substituída pela locução “na qualidade de”.
Exemplos:

Na escola, os alunos classificaram-no como (sendo) bom diretor.
Atuando como orientador vocacional, foi considerado um bom funcionário.

Advérbio

Assumindo tal posição, relaciona-se a um verbo ou a um adjetivo, exprimindo circunstância de intensidade ou modo. Em se tratando da função sintática, exerce a função de adjunto adverbial, expresso por essas mesmas circunstâncias.
Exemplos:

Como fiquei chocada com o acontecido!
Viver com toda esta angústia? Como consegues?

Conjunção

Caracteriza-se por introduzir uma subordinada adverbial, classificada de acordo com as seguintes circunstâncias:

* Causal – relaciona-se a “porque”, “já que”, “uma vez que”.

Como chovia muito naquele instante, resolvemos não seguir viagem.

* Conformativa – Apresenta-se passível de ser substituído por conforme, segundo.

A pesquisa foi realizada como o professor sugeriu.

* Comparativa – Substituível por tal qual, ao representar o segundo elemento conferido por meio da comparação.

Portando-se como um verdadeiro cavalheiro, foi o centro das atenções.

Pronome relativo

Nesta ocorrência aparece sempre antecedido de um substantivo, equivalendo-se a com o (a) qual, pelo (a) qual e demais variações. Assim sendo, exerce a função de adjunto adverbial de modo.

Todos observaram a forma como ela se portou.

Voltar ao topo