Funções do asterisco

Home / Gramática / Pontuação / Funções do asterisco

O asterisco é um sinal gráfico de pontuação. Seu uso está condicionado a algumas regras.

Curtidas 0

Compartilhe

O asterisco (*) é parte integrante dos sinais de pontuação da língua portuguesa. Muitas pessoas têm dúvidas sobre sua função, além de como e quando utilizá-lo. E você, sabe quais são as funções do asterisco? Que tal conhecer uma breve história sobre esse sinal gráfico?

A palavra “asterisco” é proveniente do latim asteriscum, cujo significado é “estrelinha”. Isso mesmo, estrelinha. Muitas pessoas utilizam essa expressão informal para denominar o sinal gráfico sem nem mesmo saber que acertaram em cheio na etimologia da palavra. Além de sua função na língua portuguesa, o asterisco também atua como um caractere curinga na informática, pois pode substituir qualquer caractere nas ferramentas de busca. Seu formato de estrela pode sofrer variações: algumas formas apresentam cinco pontas, enquanto outras, seis pontas.

Mas e as funções do asterisco na língua portuguesa? Feito esse breve histórico sobre o sinal, observe as situações de uso em que ele está inserido:

  • É colocado depois e em cima de uma palavra do trecho para se fazer uma citação ou comentário qualquer sobre o termo em uma nota de rodapé:

A palavra tristeza é formada pelo adjetivo triste acrescido do sufixo -eza*.

* O sufixo -eza é um sufixo nominal que é justaposto a um adjetivo, originando um novo substantivo.

  • Quando repetido três vezes, indica uma omissão ou lacuna em um texto, principalmente em substituição a um substantivo próprio:

O menor *** foi apreendido e depois encaminhado aos responsáveis.

  • Quando colocado antes e no alto da palavra, representa o vocábulo como uma forma hipotética, isto é, cuja existência é provável, mas não comprovada:

Parecer, do latim *parescere.

  • Antes de uma frase para indicar que ela é agramatical, ou seja, uma frase que não respeita as regras da gramática.

* Edifício elaborou projeto o engenheiro.

Além das funções do asterisco que agora conhecemos, há ainda outra observação importante a se fazer, que diz respeito a uma dúvida linguística: asterisco ou asterístico, qual forma está correta?

Bom, ao longo do nosso texto empregamos a palavra “asterisco”, mesmo porque a forma “asterístico” não existe, portanto, está incorreta. Ela não existe na modalidade escrita, visto que muitos falantes empregam-na por não conhecer o vocábulo correto. “Asterístico”, nunca mais!

Artigos Relacionados