Início de oração com pronome átono

Home / Gramática / Sintaxe / Início de oração com pronome átono

Curtidas 0

Compartilhe

No início de oração não é permitido o uso de pronome oblíquo átono
No início de oração não é permitido o uso de pronome oblíquo átono

A respeito do caso que ora nos propomos a discutir, constatamos que o pronome átono no início de oração se encontra presente em muitas das canções musicais. Outra circunstância em que podemos constatar esse uso é no linguajar coloquial, retratado cotidianamente, haja vista que se encontra verdadeiramente impregnado.

Imagine uma situação bem simples:

O cliente chega à padaria e diz:

Dê-me dois pães. 

A menos em casos raros, todas as pessoas que se encontrarem ali estranharão a frase, haja vista que o normal, o esperado, seria: Me dê dois pães. Mas uma pergunta parece ser relevante ao caso: será que em se tratando do padrão formal da linguagem tal colocação (Me dê dois pães) se encontra correta?

A resposta, obviamente, é negativa, em virtude de que não iniciamos oração com pronome átono. Mas no que diz respeito às canções musicais, bem como à linguagem literária, o emissor usufrui da chamada licença poética, a qual permite determinados desvios, sem problema algum.

Voltar ao topo