Preposições sob e sobre

Home / Gramática / Semântica / Preposições sob e sobre

As preposições sob e sobre significam, respectivamente, “embaixo de” e “em cima de”. É preciso cuidado para não confundi-las

Curtidas 0

0

Compartilhe

Sou do chão negro asfalto
da avenida São João

Sob o escuro manto fumaça
sombra do minhocão
Sob o céu cinzento de
São Paulo insano e mau
Brasileiro cuspido dos canhões
na Hungria cigano e bárbaro
bastardo dos portugueses
mouro feroz e bárbaro
desorientado dos beijos de
línguas e lugares embaralhados
Da rua Apa quando desaba
a Barra Funda dos prostíbulos
de toneladas de poeira e fuligem
sobre a poesia
Judeu de disfarce católico
ateu crente no candomblé
de todas as fugas e enfrentamentos
continuo de pé (...)”.

(A mesma praça, Paulo Miklos)

A música que você leu agora foi composta pelo cantor Paulo Miklos. Nela, temos o exemplo do uso correto das preposições sob e sobre, que estão em destaque. Por serem palavras parecidas, muitos falantes da língua portuguesa ficam em dúvida sobre quando e como utilizar cada uma delas, e outros sequer sabem que as duas formas existem e que ambas estão corretas.

Apesar de serem foneticamente similares, de acordo com a classificação gramatical da língua portuguesa, sob e sobre são preposições antônimas, ou seja, palavras que apresentam significado oposto. Portanto, elas não devem ser confundidas, sob pena de provocarem ambiguidade, especialmente nos textos escritos. Observe o significado e situações de uso de cada uma delas:

Sob: A preposição sob tem sua origem no latim sub. É empregada em situações em que seu significado corresponde a “embaixo de”, “em estado de”, “sujeito à influência ou ao comando de algo ou alguém”. Observe seu uso nas frases a seguir:

Sob o céu cinzento de/ São Paulo insano e mau”. (A mesma praça - Paulo Miklos)
= embaixo de.

Sob o mesmo céu
Cada cidade é uma aldeia
Uma pessoa!
Um sonho, uma nação
Sob o mesmo céu
Meu coração
Não tem fronteiras (...)”.

(Sob o mesmo céu – Lenine)
= embaixo de.

(...) Seja bravo seja breve

Cai como luva, difícil dizer que não
Sob medida só se for sob pressão (...)”.

(Breve – Pouca Vogal)
= em estado de.

Sobre: A preposição sobre também tem sua origem no latim — super. É empregada em situações em que seu significado corresponde a “em cima de”, “acima de” ou “a respeito de”. Observe os exemplos:

(…) Ele ficou ali sentado
Sentado sobre as mãos.
Sentado sobre as mãos
Observando a escuridão (...)”.

(Sobre as mãos – Nenhum de Nós)
= em cima de.

Meu amor
Vamos falar sobre o passado depois
Porque o futuro está esperando
Por nós dois (...)”.

(Quantas vidas você tem? - Paulinho Moska)
= a respeito de.

É uma índia com colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o A de que cor? (...)”.

(Relicário – Nando Reis)
= acima de

Sintetizando:

Não confunda

sob = “embaixo de”, “em estado de”, “sujeito à influência ou ao comando de algo ou alguém”.

com

sobre = “em cima de”, “acima de” ou “a respeito de”.

 

Artigos Relacionados