Prevenir ou previnir?

Home / Gramática / Ortografia / Prevenir ou previnir?

O verbo “prevenir” tem o significado de evitar que algo aconteça

Curtidas 0

Compartilhe

Muitos falantes da Língua Portuguesa manifestam dúvidas com relação à ortografia do verboprevenir”. Da mesma forma como ocorre com o substantivoprevenção”, a grafia correta do referido verbo traz a vogal 'e' na segunda sílaba, e não a vogal 'i'. Isso significa que a palavra “previnir” NÃO existe na Língua Portuguesa.

Prevenir é um verbo regular da terceira conjugação que significa “tomada de atitude com o objetivo de evitar que algo aconteça, prevenir-se, antecipar-se”.

Alguns falantes da nossa língua têm dúvidas com relação às palavras grafadas com as vogais 'e' e 'i' devido ao fato de elas apresentarem certa proximidade fonética (sons), principalmente se considerarmos a diversidade de dialetos nas diferentes regiões brasileiras.

Observe agora exemplos de palavras que, assim como o verbo “prevenir”, também podem gerar dúvidas sobre a sua ortografia:

  • privilégio

  • empecilho

  • campeão

  • penico

  • rodeado

  • intitulado

  • estudar

  • estúdio

Existe, ainda, outro motivo que pode gerar dúvidas quanto à ortografia de alguns verbos, como prevenir, que diz respeito à conjugação. Embora o infinitivo do verbo e de a maior parte das suas formas conjugadas serem escritos com a vogal 'e' na segunda sílaba, também é possível constatarmos que há conjugações cuja ortografia exige a vogal 'i' na segunda sílaba.

Observe:

Conjugações com vogal 'e' na segunda sílaba:

  • Presente do indicativo (Nós prevenimos, vós prevenis);

  • Pretérito perfeito do indicativo (Eu preveni, tu preveniste, ele preveniu);

  • Pretérito imperfeito do indicativo (Eu prevenia, tu prevenias, ele prevenia);

  • Pretérito mais-que-perfeito do indicativo (Eu prevenira, tu preveniras, ele prevenira);

  • Futuro do presente do indicativo (Eu prevenirei, tu prevenirás, ele prevenirá);

  • Futuro do pretérito do indicativo (Eu preveniria, tu prevenirias, ele preveniria);

  • Pretérito imperfeito do subjuntivo (Se eu prevenisse, se tu prevenisses, se ele prevenisse);

  • Futuro do subjuntivo (Quando eu prevenir, quando tu prevenires, quando ele prevenir);

  • Imperativo afirmativo (Previne tu, previna ele, previnamos nós).

Conjugações com vogal 'i' na segunda sílaba:

  • Presente do indicativo (Eu previno, tu prevines, ele previne, eles previnem);

  • Presente do subjuntivo (Que eu previna, que tu previnas, que ele previna, que nós previnamos, que vós previnais, que eles previnam);

  • Imperativo negativo (Não previnas tu, não previna ele, não previnamos nós, não previnais vós, não previnam eles).

Leia também a respeito de outras palavras ou expressões que podem gerar dúvidas com relação à ortografia: “Aja ou haja?”; “trás ou traz?”; “jeito ou jeito?”. Bons estudos.

Artigos Relacionados