Silabada – um vício de linguagem?

Home / Gramática / Ortografia / Silabada – um vício de linguagem?

Curtidas 0

Compartilhe


A silabada consiste no deslocamento do acento tônico de alguns vocábulos



Antes mesmo de constatarmos acerca de tal indagação, torna-se importante retomarmos o conceito de vício de linguagem. Este resulta dos inevitáveis desvios que cometemos mediante algumas situações de interlocução.

Desse modo, partamos agora rumo a retratarmos acerca do conceito que se atribui à silabada, uma vez que esta consiste na mudança do acento tônico de alguns vocábulos, manifestados por mera vontade de alguns usuários, de forma aleatória. Contudo, devemos entender que tal acento provém da língua de origem a que estes vocábulos pertencem. Portanto, chegamos a conclusão de que realmente se trata de um vício de linguagem, pois perante o padrão formal da linguagem tal ocorrência é inaceitável.

A título de ilustração, citamos algumas situações um tanto corriqueiras, como é o caso de rúbrica ao invés de rubríca, púdico ao invés de pudíco, entre tantas outras. Mas, afinal, a esta altura você deve estar se perguntando o porquê de estas palavras estarem acentuadas, não é verdade? Pois saiba que na realidade elas não recebem acento, mas a intenção de colocá-lo foi somente para dar ênfase à questão da tonicidade.

Assim sendo, no intuito de conhecermos um pouco mais acerca do assunto abordado, verifiquemos, pois, outros casos representativos, também retratados com o acento, tendo em vista a forma correta e a forma inadequada. Ei-los, portanto:

Voltar ao topo