Aviso - comunicando e interagindo

Home / Redação / Redação Técnica / Aviso - comunicando e interagindo

Curtidas 0

Compartilhe

Ao nos depararmos com o gênero em pauta, temos a impressão de que ele se assemelha ao cartaz. Digamos que nossa percepção até certo ponto se mostra eficaz, posto que o aviso também se perfaz de uma linguagem um tanto quanto concisa, breve. Entretanto, enfatizaremos aqui um exemplo expedido por uma instituição específica, atendo-nos à importância de algumas regras pré-fixadas mediante ao ato de redigi-lo. Para tal, analisaremos alguns de seus postulados:

A recorrência que se dá a esta modalidade tanto pode ser em locais públicos como privados. Trata-se de uma comunicação direta ou indireta, cuja finalidade discursiva se pauta por diversos objetivos, dentre estes, comunicar datas e horários de eventos realizados pela instituição que o emite, comunicar mudanças referentes a questões burocráticas, dentre outros.

Ressaltamos, portanto, um fato de extrema relevância – a forma pela qual a comunicação se materializa, ou seja, o aviso deve apresentar um timbre e um símbolo da instituição que o representa, bem como de um número que o identifique, seguido de seu respectivo título – elemento fundamental para a clareza das informações.

No intento de firmarmos nossos propósitos rumo ao conhecimento, observemos um exemplo:
 

*** (símbolo da instituição)

Fundação Alcântara Machado
Aviso nº 123/00

Concurso Vestibular 2009

A Comissão Permanente do Vestibular da Fundação Alcântara Machado solicita que todos os candidatos compareçam aos locais de prova com 1 (uma) hora de antecedência para o início das provas.

Rio de Janeiro, 24 de julho de 2009.

-----------------------------------------------

(Assinatura do presidente da comissão)

Voltar ao topo