Função emotiva

Home / Redação / Elementos da Comunicação / Função emotiva

A função emotiva apresenta algumas marcas gramaticais, destacando-se a construção do discurso na primeira pessoa

Curtidas 0

Compartilhe

A função emotiva predomina no poema de Drummond, no qual o poeta mostra seu sentimento de impotência e limitação perante o mundo
A função emotiva predomina no poema de Drummond, no qual o poeta mostra seu sentimento de impotência e limitação perante o mundo

O poema que você acabou de ler é de autoria de um de nossos maiores poetas, Carlos Drummond de Andrade, e ilustra bem a função da linguagem sobre a qual falaremos neste artigo. No poema, que integra o livro “Sentimento do mundo”, Drummond posiciona-se em relação ao tema que está abordando, expressando seus sentimentos e impressões pessoais. Essas características são próprias da função emotiva da linguagem.

Você já sabe que as funções da linguagem referem-se aos diferentes contextos aos quais a linguagem pode estar inserida. Cada uma delas apresenta uma funcionalidade, necessitando de um tipo ideal de enunciação para que possa acontecer. O linguista russo Roman Jackobson compôs um famoso modelo de comunicação, no qual operam seis diferentes fatores:

► Função emotiva;

► Função referencial;

Função conativa;

► Função metalinguística;

Função poética;

► Função fática.

A função emotiva, nosso objeto de estudo, é caracterizada por sua mensagem centrada no emissor, isto é, uma mensagem na qual é encontrada toda a expressividade de um discurso construído na primeira pessoa. Nela, estão evidenciadas algumas marcas gramaticais peculiares. Observe algumas das principais características da função emotiva da linguagem:

► Verbos e pronomes em primeira pessoa;

► Interjeições (responsáveis por revelar o estado emocional do falante;

► Adjetivos valorativos;

► Sinais de pontuação como reticências e pontos de exclamação.

No caso do poema de Drummond, podemos observar que os versos são fruto da expressão do mundo interior do eu lírico. Em outros poemas, nos quais também predomina a função emotiva, podem ser encontrados aspectos da função poética, cuja principal característica é a preocupação com a própria mensagem, seja na combinação das palavras ou em sua organização sintática.

Comumente, as funções emotiva e poética são relacionadas com o discurso literário, principalmente com os poemas. Contudo, a função emotiva pode estar presente em vários tipos de textos e gêneros textuais. Observe como ela pode manifestar-se nas histórias em quadrinhos:

A função emotiva pode permear qualquer tipo de texto, seja ele uma narração, uma descrição ou uma dissertação
A função emotiva pode permear qualquer tipo de texto, seja ele uma narração, uma descrição ou uma dissertação

A função emotiva pode estar presente também em músicas, depoimentos, entrevistas, narrativas de caráter memorialista, críticas subjetivas de cinema, teatro e demais manifestações artísticas nas quais o discurso esteja centrado no próprio emissor. Vale ressaltar que, em dissertações argumentativas, o uso da função emotiva da linguagem deve ser evitado.

*A imagem no miolo do artigo foi feita a partir da capa do livro “Nova Reunião – 23 livros de poesia – Carlos Drummond de Andrade”. Editora De Bolso.

Artigos Relacionados