O debate - Uma modalidade essencialmente argumentativa

Home / Redação / Gêneros Textuais / O debate - Uma modalidade essencialmente argumentativa

Curtidas 0

0

Compartilhe

Tendo em vista que a linguagem cumpre um papel estritamente social, o fato de estarmos a todo momento dialogando com as pessoas ligadas ou não ao nosso convívio diário, retrata o dinamismo que nutre a vida em sociedade. Pode até parecer imperceptível, mas a verdade é que cotidianamente estamos argumentando e contra-argumentando acerca do mais variados assuntos.

Dado o caráter ímpar que norteia o ser humano, tal ato nos revela a capacidade que temos em retratar nossos desejos, opiniões, pensamentos, de modo a nos posicionar diante de algo, aceitando ou refutando. Assim, demonstramos não ser alienados, haja vista a necessidade que temos em convencer o “outro” por meio de nossos argumentos, expondo livremente nossa ideias e, obviamente, mantendo o bom senso em respeitar as opiniões alheias às nossas.

Até então, a arte de debater foi observada de uma maneira ampla, retratando uma atitude extremamente corriqueira. Atendo-nos ao caráter didático a que se insere o debate, sua ocorrência está ligada ao universo escolar, como também ao acadêmico. Mediante a proposta do educador em realizar um debate, ele tem por objetivo aguçar a oralidade dos discentes e, ao mesmo tempo, avaliar o nível de conhecimento e o poder de argumentação acerca de um determinado assunto. Em geral, o que se propõe a discutir deve estar condicionado a um fato polêmico, passível de discussões e, na maioria dos casos, até de propostas visando à solução da problemática instaurada.

Há também o debate veiculado pelos meios de comunicação, comumente manifestado em épocas eleitorais, em que os candidatos discutem suas propostas de campanha, visando a se manifestar publicamente junto aos seus eleitores. Em tal situação, sempre há a presença de uma pessoa que intermedeia o momento das falas, coordenando o grupo de debatedores, dando a palavra a cada um dos participantes e atribuindo-lhes o direito de réplica.

A linguagem utilizada diante dessa ocorrência, pauta-se pelo emprego do padrão formal, posto que se trata de algo que, necessariamente, tende a conferir uma certa credibilidade por parte do público espectador. A postura ocupada pelos participantes também é de fundamental importância, visto que a imagem retrata muito sobre o perfil dos emissores.

Notadamente, concluímos que em quaisquer que sejam as situações, o privilégio de poder discutir sobre um determinado tema, visto sob variados ângulos, é uma atitude altamente enriquecedora, uma vez que “debater” significa não somente mudar o outro, mas também modificar a nós mesmos. A partir desta troca de experiências temos a oportunidade de crescermos coletivamente, ampliando os nossos conhecimentos e enriquecendo nossa visão de mundo.

Voltar ao topo